segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

O povo escolheu a Globo, isso é... globalização?

Apesar da calça ser igual à do Sr. Smith. Não sou eu quem está chutando ali.
É, eu odeio essa vinheta. Ela passa sempre no horário do Globo Esporte (único programa que assisto na Globo, os que me dizem que é bom eu vejo no YouTube).

Este post estava muito curto, quando o criei estava sem muita criatividade. Agora vai uma crítica mais elaborada sobre a TV brasileira.


Caso se interessar pelo assunto, veja as letras das músicas:
Televisão do GOG e Xanéu nº 5 do Teatro Mágico


Plantão
As farmácias de manipulação Globo, que há muito tempo vem manipulando a mente do povo brasileiro está em decadência. Nas duas últimas eleições suas manipulações mentais não surtiram o efeito desejado, não obtiveram sucesso, não elegeram presidente. Estão precisando mudar a fórmula, a dose diária de JN está ficando escassa, pouca gente está tomando. Há algum tempo o povo está tomando um antídoto contra a doença TV. A internet é mais democrática, você não fica exposto à opiniões que querem fazer de você um cidadão medíocre, preconceituoso e competitivo, como manda o sistema, na internet você busca o que quiser, você é sua idéia, não a idéia do Arnaldo Jabor.

Na madrugada vejo leilões de jóias e cultos, no "horário nobre" vejo novelinhas ou programas sobre a vida das celebridades, à tarde vejo programas que falam de outros programas, no fim de tarde vejo tragédias, assassinatos, crimes... no fim de semana vejo gente miserável, se humilhando em rede nacional pra conseguir o que o sistema deveria lhes garantir, ou pra conseguir ver o artista amado.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Enquanto isso, na casa do Luscas...

Eu, o Diandro e Luscas vendo no YouTube:
Eu sugeri o vídeo abaixo:
http://www.youtube.com/watch?v=gKgsvW1Td_w
Não assista até o fim, é tortura demais.


O Diandro sugeriu o seguinte vídeo:
http://www.youtube.com/watch?v=IU7e2_lb-5c 
Não precisa assistir até o fim também. Assista só até o Oi.

E o Luscas sugere então o vídeo trágico, que ele lembrou de nos mostrar por termos visto o filme  ELIZABETH
http://www.youtube.com/watch?v=oiEqWYawpeU
Veja até o fim.

Após ver os três vídeos nós fizemos uma discussão artística da coisa toda. O vídeo que o Luscas sugeriu é clichê demais, é um tipo de arte já ultrapassada, coisa de gente cult, e ser cult está fora de moda há muito tempo.
O vídeo sugerido pelo Diandro tem uma boa produção, vê-se que foi investido muito no vídeo, é uma arte muito interessante.
Já o vídeo indicado por mim é de uma arte muito polêmica, abstrata, pois mistura ficção com realidade, há uma dualidade que confunde o espectador. É considerada uma arte pós contemporânea, é tendência.

 

Formaturas!

Eu gosto das pessoas que me convidam pra festas, ainda mais quando não preciso pagar =P
Bem, na sexta feira eu e o outro autor deste blog fomos ao baile de formatura do curso de Engenharia Química e Ciências Econômicas (fizeram a festa junto, desse jeito baixam-se os custos, galerinha esperta).
A festa foi muito bacana, ainda mais porque a bebida era de graça. O baile foi animado pela Banda Hora Nacional, os caras fazem um show bom, eles têm bom repertório.
Na de Ciências Sociais eu e o Diandro fomos no jantar (foi no Pantanal, restaurante que serve peixe, muito bom). Depois do jantar teve uma festinha, foi num quiosque ali do Pantanal mesmo. Não teve banda animando, teve música ao vivo por um tempo (banquinho e  violão, muito bom também).
Eu gostei das duas festas, se um dia eu fizer formatura provavelmente será parecida com a de CS, porque sai bem mais barato =P

O ponto onde quero chegar é o comparativo entre as duas festas.
Sempre ouvi críticas das festas de EQ, minha cunhada fica me enchendo o saco, dizendo que é festa de cowboy e playboy, que só toca sertanejo, funk e pagode (tá, ela tem razão até certo ponto). No caso da formatura toca músiquinhas agitadas, pra pular, toca rock'n roll também. Na festa de CS tocam músicas boas, músicas pra pular, músicas pra cantar junto enquanto se pula, música pra sentar e ouvir, o repertório é muito melhor que o repertório das festas de EQ. Mas a crítica que tenho a fazer sobre CS é, que apesar de o nome do curso ser Ciências SOCIAS, o povo é anti social, não se entrosam, não dançam, só bebem e fumam. Enquanto a galera de EQ é mais doidona, dançam, pulam, conversam, entrosam com desconhecidos numa boa, etc.
Comentários comparativos do Diandro: Esse povo fica bêbado muito cedo, daí ficam assim, não festam nem nada, ficam tristes, e o povo das engenharias pode até ficar bêbados, mas ficam animados.


Peripécias: Eu caí nos dois bailes, escorreguei e fui ao chão, no de CS eu caí com estilo, rolei e logo levantei.
No de EQ eu subi no palco diversas vezes, no fim o povo da banda me parabenizou pela animação. No de CS, no começo eu o Diandro, o Luscas e mais uma galera, estávamos apenas conversando, ninguém estava dançando naquela bagaça. Depois de um tempo fomos pra pista dançar. Encontramos a Manu, que fez teatro conosco e estava se formando também. Ela estava num nível etílico muito alto. Encontramos também um piá que estudou conosco na quarta série. O piá chegou no Diandro dizendo que o conhecia de algum lugar, que tinha estudado com ele no premem ou sei lá onde, mas as informações não batiam, o Diandro nunca estudo no premem. daí eu cheguei perto e pedi o nome do piá, era Thiago, eu olhei pra cara dele e disse que já tinha estudado com ele no Borges, disse que ele tocava sanfona e mais um monte de informações. Minha memória é muito foda.
Quanto ao baile de EQ não tenho muitos comentários, eu lembro de tudo, lembro do tombo da Aline no fim da festa, lembro do Formiga me assediando no banheiro, lembro das dancinhas dos formandos e tudo mais.

Agradecimentos: À Claudinha, minha cunhada favorita, que me convidou para o jantar a para festa da formatura de Ciências Sociais, e parabéns a ela também, que agora é uma cientista social; À Denise, que se formou em Engenharia Química e me convidou para o baile de formatura, e parabéns a ela, que se formou em 5 anos e agora é uma engenheira química (talvez um dia eu também serei).

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Feliz Aniversário NX!

É, eu sei que isso deveria estar sendo escrito numa página que só o Filipe NX leria, mas é bem mais emocionante postar isso aqui no blog, a homenagem fica melhor e a vergonha dele fica maior.
Pois então, hoje é aniversário do NX, que foi comemorado entre miguxos amiguinhos hoje no almoço e ontem no boliche (eu não fui ontem, pois dormi).
Bem, o NX é  um grande colega de aula, no primeiro ano do curso eu mal olhava pra cara dele, nem sabia como era a voz do garoto. Não sei porque cargas d'água começamos a andar junto no 2º ano, mas criamos uma amizade bacana. No feriado de 7 de setembro do ano passado eu e o 16 fomos à casa do NX, no Paraguai. Conheci duas grandes figuras na viagem, os pais do NX, conheci a pacata cidade de Raul Peña, onde o NX cresceu e tudo mais.
Desejo ao NX tudo de bom, mas só hoje, que é aniversário dele, nos outros dias só desejo um bom dia, e olhe lá ainda.

Nome Comum (2)

Pois é conforme meu amigo disse meu nome é bem incomum, porém essa semana veio uma nova vizinha morar aqui do lado do meu ap!! Adivinhem o nome dela ?!?! Sim, é Diandra!!! Se não bastasse isso ela vai trabalhar comigo no laboratório!!
E eu que sempre fui acostumado a ter o meu nome diferentes de todos, as pessoas falam: - Então Diandr... eu já respondo por costume, afinal é comigo né!! Dai a pessoa fala: - Não, não é com você, é com a Diandra que to falando!!
Moral da história: to perdido, sempre quando falam eu acho que é comigo, agora terei que arranjar um apelido???
Pelo menos a menina faz jus ao nome, ela é legal também :D

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Piada Nerd

Hoje durante a aula de microbiologia a professora estava falando sobre a polaridade das moléculas. Sempre que se toca nesse assunto eu alguém faz a piada cretina: existem moléculas que são apolares ou polares. As bipolares hora são apolares, hora são polares. Sabe-se que a água é uma molécula extremamente polar, e ela dissolve outras moléculas que são também polares.
Conversando durante a aula o Filipe NX me vem com a charada: porque só o urso branco que mistura na água? Porque ele é polar.
Depois disso eu olhei pra ele, ri pra não perder a amizade e voltei a prestar atenção na aula.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Encontre!!

Esses dias fomos no boliche!! depois de muito jogar, de nenhum muitos strikes, fomos todos pagar a conta!! A Raquel tinha um desejo imenso de entrar numa piscina de bolinhas, confesso que fiquei com vergonha no começo, mas dai o Bruno resolveu entrar também, então entramos nos 3... agora me encontre na foto (se é que eu tive coragem de entrar)!!

Pernão em Raquel

Pra quem nunca foi numa piscina de bolinhas! Vá é muito bom!!

Cultura inútil da terça #2

Semana passada foi estreado o tópico da cultura inútil, o tema abordado foi o das sete maravilhas do mundo antigo. Nesta semana abordarei o tema dos sete dias da semana.


Na cultura cristã, a semana tem sete dias porque este foi o tempo em que o mundo universo foi criado (na verdade seis dias, o último foi o dia do descanso). Mas na verdade o fato de a semana ter sete dias vem da astronomia, povos antigos já observavam os astros celestes, até mesmo a cultura maia tinha a semana com  sete dias.
A relação dos dias da semana está ligada ao ciclo lunar, que dura sete dias cada fase, e 28 dias cada ciclo completo.
O nome dado aos dias da semana está relacionado ao nome dos planetas conhecidos desde a antiguidade.


Mas isso somente nos outros idiomas:


Domingo, Sunday --> Dia do Sol (em inglês)
Segunda-feira, Lunes, Monday --> Dia da Lua (em inglês e em espanhol)
Terça-feira, Martes --> Dia de Marte (em espanhol)
Quarta-feira, Miercoles --> Dia de Mercúrio (em espanhol)
Quinta-feita, Jueves --> Dia de Júpiter (em espanhol)
Sexta-feira, Viernes --> Dia de Vênus (em espanhol)
Sábado, Saturday --> Dia de Saturno (em inglês)


Mas os dias da semana não eram homenagem somente aos planetas, eram também homenagem a deuses pagãos: Marte (Ares na mitologia grega), o deus da guerra; Mercúrio (Hermes na mitologia grega), o mensageiro dos deuses; Júpiter (Zeus na mitologia grega), o deus do trovão e rei dos deuses; Vênus (Afrodite na mitolia grega), a deusa do amor e da paixão; Saturno (Cronos da mitologia grega), deus da agricultura, justiça e força (na mitologia grega Cronos é um Titã, filho do Céu e da Terra, pai de Zeus).


A pergunta que não cala é: porque em português os nomes não são homenagem aos deuses e planetas?
Isso porque a igreja católica combateu os nomes pagãos. A campanha só deu certo, no continente europeu, em Portugal. Os nomes adotados para os dias da semana foram: prima feria, secunda feria, tertia feria, quarta feria, quinta feria, sexta feria, septima feria. O sistema foi similar ao sistema judaico, que batizou os dias da semana como sabbatum, prima sabbati, secunda sabbati, tertia sabbati, quarta sabatti, quinta sabatti, sexta sabatti.
Feria significa “dia de festa”, “dia santo” em latim. A Igreja santificou os dias da semana. Depois o primeiro dia receberia o nome de “dia do Senhor” (Domenicus dies). Por influencia judaica, o sétimo se denominou “dia sétimo”, “dia do sabá” (sabbatum). Quanto ao sentido de “mercado” que se tem na palavra “feira”, este se deve ao fato de que na Idade Média os dias santos eram dias de mercado.



segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Atividades durante a aula




Análise técnica e economia industrial. Uma matéria completamente chata pra quem cursa Engenharia. E nossa professora não tem uma didática muito boa. Ela ligou o data show e ficou só falando sobre oferta e demanda. Enquanto isso alguns alunos não estavam nem aí pra aula.



Esta parte que tem a árvore desenhada é o verso da folha que começamos a escrever.
Créditos: Filipe Nx, Namorada do Nx Jéssica, Thiago 16, Willen e Myself.
Agradecimentos: A professora que deu a aula chata, e ao Nx por ter escaneado o papel.

Sim, a letra mais feia é a minha.


Clique na imagem se estiver curioso quanto ao conteúdo do que escrevemos (se clicar amplia)

Abençoada seja nossa cerveja

Bruno, Bruno (Jesus) e Gallo



Essas são as últimas fotos que tirei como Jesus, ou seja, com barba. Nas fotos apareço abençoando a cerveja.
Tirei a barba no mesmo dia em que as fotos foram tiradas. Depois da cervejada eu fui pra casa do Willen, no banheiro vi que ele tinha uma maquininha de aparar a barba, vi aquilo e pedi pro Willen se poderia usá-la, ele disse que sim, sem problemas. Então lá mesmo aparei a barba, ficou estranho, em algumas partes ficou desproporcional, então, quando cheguei em casa, já estava mais sóbrio, eu usei gillete e tirei tudo.
Quando me vejo no espelho eu me sinto estranho, tinha me acostumado com a idéia de estar barbudo, foram 2 meses sem tirar a pelugem barba da cara.

Lição do dia: Mais vale um pêlo no rosto do que dois nos braços. Quando estiver bêbado, não entre em banheiros alheios, não faça algo que vá mudar sua aparência. Já pensou se eu tivesse feito uma tatuagem? Ou se eu resolvesse tirar as pontas do cabelo?
Da próxima vez que for tirar a barba pensarei: 
♫ Vou não, quero não, posso não, minha mulher não deixa. Não, não vou não, quero não. ♪




Agradecimentos: À Fer, que me cedeu as fotos. Ao Gallo, que, mesmo depois de eu ter tirado a barba, ainda me pede bênção. Ao Bruno, porque o nome dele é foda. Ao Anderson, porque o nariz dele aparece na última foto.

Nome Comum

Ao contrário do nosso outro amigo que escreve por aqui, meu é mais comum do que bar em esquina. Isso, às vezes, irrita profundamente.
Sempre que estou andando pela rua alguém grita meu nome, penso que é comigo, mas não, é com outro infeliz de mesmo nome que eu. Qualquer lugar que eu vá já existe outro Bruno. O pior é que as pessoas precisam de uma forma de diferenciação quando vão citar meu nome, daí sempre vão apelar pra minha aparência, vão dizer: "Ah, o Bruno, aquele bonitão cabeludo".
Ultimamente isso tem me irritado bastante, principalmente pelo fato de um dos pedreiros, que trabalha na construção do prédio aqui do lado de casa, ser meu xará. E não basta o cara ter o mesmo nome que eu, ele é pop dentre os colegas de profissão. Toda hora tem gente chamando o nome dele, e eu sempre penso que é comigo (os pedreiros vivem batendo na janela pra comprar paçoca). Logo que meu xará começou a trabalhar na obra ao lado, minha mãe ficou muito braba, ela pensou que os caras estivessem remendando-a (isso porque minha mãe chama meu nome umas mil e uma vezes por dia).
Ter nome comum se torna ruim porque, de certa forma, tu perde a exclusividade. Quando alguém for colocar seu nome na agenda do celular, por exemplo, sempre vão por teu sobre-nome junto, ou, no meu caso, uma característica marcante. Eu deixo de ser Bruno Cavalli pra ser Bruno Cabelo.
O lado bom de ter nome comum é que nunca preciso ficar soletrando meu nome quando alguém for escrevê-lo, e nunca vão escrever me nome errado (exceção de semana passada, quando fui ao boliche e escreveram BRUMO)

Trolando Professora


Trolar é um verbo uma expressão que ficou famosa na internet, tem o significado similar a zuar.

A histórinha que vou contar aconteceu ano passado, durante uma prova de química analítica. Para fazer a tal prova era necessário saber a massa específica de determinados elementos químicos (massa específica = quantidade de gramas por mol de matéria). Os elementos pelos quais precisavam saber a tal massa específica eram N, C, H, O, S, Ag, Hg... Bem, a professora não tinha passado na prova a massa desses elementos, e não podíamos usar tabela periódica, então sempre tinha gente perguntando: "professora, qual a massa do nitrogênio?" e por aí vai. A prof escreveu no quadro todas as massas que precisava. Lá pelas tantas um piá pede: "Professora, qual a massa da prata?" Ela responde e diz que tá escrito no quadro. Eu, que nunca perco uma piada pergunto: "Professora, qual a massa do Hélio (He)?" A professora me olha com uma cara estranha e pergunta: "Mas em que exercício precisa saber a massa do hélio?" E eu respondo: "Ah, em nenhum, só por curiosidade mesmo".
Nisso a galera da sala caiu na gargalhada, nem a professora manteve a seriedade, ela riu também. Foi bom pra quebrar o climão tenso da turma durante a prova.
Depois disso fui muito zuado pelos meus coleguinhas, até desenho com a temática teve (vide imagem no começo do post)

Tradução da foto: "What is massa do He?" Uma mistura de inglês com português: "Qual é a massa do He (hélio)"


Créditos da imagem: Batata. Pessoa da imagem: Eu.

Como fazer um Mate Doce!!

Primeiro você precisa de alguma compania (o google disse que não existe essa palavra então) companhia, no caso de ser meia noite, em uma noite depressiva, você precisa de outro louco!!


Pronto encontrado, então é preciso de ervas matinhos pra fazer o mate, se você não tiver em casa é preciso "roubar"!!!!


Não!! Isso não é maconha!! :/
Então adicione açúcar em uma panela, deixe ele derreter e coloque os matos roubados anteriormente, mexa, mexa, e coloque o leite!! (Ou faça como quiser)
Ecaaa!!!
Então prepare a cuia!! Hummmm!!! Ehhh!! se não tiver erva de chimarrão pode ser.... uma de terere por exemplo!!
Com certeza ele ficara bem refrescante (apesar de ser quente) ainda mais dependendo os matinhos que você roubar!!! Espero que tenham gostado da receita!!
Pode ate não ficar tão bom o mate doce, mas sair da depressão e dar muitassss risadas é muito bom!!

PS.: Fotos meramente ilustrativas, e com pessoas desconhecidas kkkkkkkkkk

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Tem dorgas em Toledo manolo?

Só vou amar essa cidade se eu achar as dorgas!!

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Baladinha!

Ontem fui no show do Mamonas Assassinas cover (só fui porque era de graça pra universitário). Estou com dores nas pernas e no corpo até agora. Pulei muito, muito mesmo. Durante o show fiquei a maior parte do tempo com os amiguinhos da Yoko, a piazada era animada pacas. Antes e depois do show fiquei baladeando com minha turminha mesmo (Diandro, Willen, Fabi, amigas do Diandro, galerinha do 2º ano de EQ e alguns agregados).
Nada de muito bizarro aconteceu, depois do show o povo da banda veio pedir pra tirar foto conosco, estranho pra caramba, nós é que deveríamos pedir pra tirar foto com eles. Mas como diria o Diandro, quando ficarmos mais famosos eles já terão uma foto conosco (postarei as fotos nesse post assim que ver ela em algum lugar). Ah, além disso teve um cara que entrosou fácil na nossa conversa no cachorro quente, isso já depois da balada.
Bah, eu estou me sentindo muito velho, tô muito cansado, a balada me fez mal.
Minha última balada antes de ontem tinha sido o show do Pouca Vogal, fiz um post lá no Araruta

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Aulas de manhã.

Estudei no período matutino desde a 4ª série do ensino fundamental. Nunca fui fã de acordar cedo, prefiro curtir a calmaria da madrugada do que a correria das manhãs. A primeira comunidade que entrei, logo que fiz um orkut, foi "Eu Odeio Acordar Cedo".
Acordar cedo me deixa com sono, eu com sono sou mal-humorado, sou chato, sou grosseiro (tá, sou assim normalmente, mas quando estou com sono isso se agrava).
Atualmente estou cursando Engenharia Química (não Filosofia) que é um curso em período integral (manhã e tarde) e estou no 3º ano. As aulas são sempre intercaladas, ora tem aula à tarde, ora de manhã. Digamos que num dia tu tem aula a manhã toda, no outro tem a manhã livre, não há uma ordem, mas nunca tive um ano em que todos os dias as aulas começassem às 7:30. Nesse ano isso ocorreu, ou seja, terei de acordar cedo todos os dias da semana.
Já arranjei um estoque de café aqui em casa.
Ah, se você costuma me ver na Unioeste pelas manhãs, não pense que sou mala, chato, metido que não cumprimenta ninguém, a razão disso tudo é meu sono mesmo.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Viagem

Ontem viajei para Ivinhema - MS. Foi super divertido!!
Na volta estavamos vindo de carro, e tinha uma fila para uma reforma na estrada (daquelas que quando você passa pelo lugar da tal "reforma" não tem ninguem trabalhando, acho que eles fazem isso so pra ver agente com raiva passando calor na fila, mas enfim...), ficamos parados la por um tempão, e tinha um monte de caminhão na nossa frente, ai quando começou a andar a fila, meu professor que estava dirigindo falou: - Vou pra outra pista, ai passo todos esses caminhões. E foi conforme ele "entortando o dedõn" e com aquela carinha de "fuck yea", passando pelos caminhões e carros da outra pista. Eis que surge uns cones na pista que estavamos indicando para voltar pra pista normal, então tivemos que ficar esperando algum dos caminhões deixar agente entrar. No final acabamos ficando mais para tras do que estavamos... O bom é que demos muito risada da situação, e falamos que não adiantou ele entortar o dedõn!!

Vai agora algumas das filosofias da viagem:
"Mais curto que coice de porco"
"Mais comprido que esperança de pobre"
"Foge foge mulher maravilha, foge foge com o super man"

E aqui cabe aquele velho ditado "em saco vazio não entra mosquito"  Oops "A fila ao lado sempre anda mais rapido"

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Maria Gadú

Para quem gosta de um bom MPB, dia 18/03/2011, vai ter Maria Gadú no Empório Santa Maria, aqui em Toledo!!

Ingressos: 1º Lote: R$ 30,00
                2º Lote: R$ 40,00
                3º Lote: R$ 50,00

Confesso que eu não vou, achei muito caro, mas quem gosta, é uma boa opção :D
E acho que esse show devia ser para teatro e nao baladinha!!

Bizarrices na volta às aulas

As aulas já recomeçaram, e com elas as situações bizarras também.
A primeira do ano aconteceu logo que cheguei à universidade. Durante as férias a galera do curso fica apavorando os calouros na comunidade do orkut do nosso curso (Engenharia Química). Eu resolvi me fingir de calouro, ficar fazendo perguntas que calouros costumam fazer (tipo, onde eu consigo o horário? Os materiais saem caros? Que canal que pega a globo em Toledo? Essa última um calouro realmente pediu na comunidade). A galera do curso sacou minha jogada, os calouros estavam acreditando que eu era calouro (um deles me mandou recado pedindo se eu tinha passado no vestibular, logo que saiu o resultado).
Bom, cheguei segunda de manhã na universidade, os calouros estavam tendo aula de Álgebra Linear, com um professor mui gente boa, o Edson Licurgo. A galera do segundo ano já pediu pra eu chegar e entrar na sala com os calouros. Fui lá, bati na porta, pedi licença para entrar, nisso o professor olha pra mim e diz: "Agora não Bruno". FFFFFFFFUUUUUUUUUUU.
Depois disso demos o tradicional trote na galera (outra hora faço um post comentando o trote).
Hoje tive aula logo cedinho, às 7:30 (todos os dias a aula começará nesse horário este ano, lá se vai meu sono). Era aula de microbiologia, a professora, Mônica, parece ser massa. Fez um monte de piadinhas, dizendo que não podemos ingerir os microorganismos e tudo mais. Como é a primeira semana de aula, muita gente não marca presença em sala de aula, ou seja, foram poucos alunos. A professora comentou a matéria e tudo mais, daí no fim da aula ela, surpresa com a pouca quantidade de alunos, pergunta: "Essa é a turma normal?" Alguns até responderam, dizendo que faltou bastante gente, e eu respondi: "Sim, essa é a turma normal, os outros são loucos". A reação da professora foi normal, ela riu.
Sério, meus colegas falam que tenho que me disciplinar, mas não me contenho quando surge a oportunidade de uma piada infame.

Agenda Cultural

Muita gente reclama que nunca sabe dos eventos que acontecem no teatro municipal de Toledo, então publicarei aqui no blog todos os eventos de que recebo notícia.
Recebi por e-mail os seguintes eventos:
17/02 – Quinta-Feira – 20:00h “O MENINO MALUQUINHO” Local: Teatro Municipal de Toledo Ingressos: R$ 7,00 (antecipado c/ bônus, meia). R$ 14,00( sem bônus e bilheteria)
Informações sobre o espetáculo: Sei que o Formiga (famoso professor de teatro de Toledo) é o ator que interpreta o Menino Maluquinho. Sei também que quem promove este espetáculo é a ACPT de Cascavel.
19/02 – Sábado – 20:30h Pampa na Garupa Apresenta: JOÃO CHAGAS LEITE Local: Teatro Municipal de Toledo Ingressos: R$ 10,00 (meia) R$ 20,00(antecipado)
Informações: Não sei nada sobre isso, ouvi propaganda na FM Educativa Sul Brasil (104.9).
Bem, por hoje seria isso. =)

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Calouro!!

Ontem foi dia de trote e de conhecer calouros!! (burros :P)
Então fui na festa, que tem os calouros e veteranos de todos os anos, do curso de zootecnia e de agronomia, depois que quase todo mundo tinha ido embora, eu cansado sentei num banco, e dai surge um cara que faz zootecnia, que deve estar no 5º ano, e pede pra mim se eu sou calouro, digo: -Não, não eu sou veterano, to no 4º ano já!!! então ele me pergunta onde eu estudo, olhei pra ele com cara tipo dãããrr, falei aqui na UNIOESTE. Ele olhou pra mim, buscando em sua vaga e bêbada memória o meu rosto. Então não se lembrando de mim ele fala: -Pia você tem que beber e fumar, porque senão, não vão te contratar pra trabalhar! olhei pra ele.... pensei "que bom que você pensa assim ¬¬" e ele fala: - E tem que deixa a barba crescer, porque senão vão acha que você ta indo pedir estágio!! Novamente pensei "Não é que não deixo minha barba crescer, eu não tenho mesmo ¬¬".
Nisso tem uma menina do lado escutando a conversa, dai ela comenta: - É!! Por que eu vou na empresa eles não pensam que eu quero estágio!! Eis que o caboclo diz: -Sim eles acham que você quer outra coisa né!! (666) eu so fiquei olhando e rindo!!

Foto ilustrativa do perfil ideal para uma empresa!!!

Agora eu penso, que mentalidade boa desse povo!! Fica a dica se você não arranjou emprego, comece a beber e a fumar pra ser contratado ;)

Cultura inútil da terça.

Bem, assim como na merenda escolar toda terça-feira tinha polenta com carne moída, vou fazer um post semanal com o tema "Cultura inútil" toda terça feira. Os posts abordarão temas como: curiosidade, coisas bacanas que acontecem por aí, explicação do porquê de algumas coisas que são comuns no nosso dia-dia. Enfim, coisas que se você quisesse saber bastaria procurar no google.
O primeiro post será sobre as sete maravilhas do mundo antigo.
As Sete Maravilhas do Mundo Antigo
1 - As Pirâmides do Egito
As pirâmides do Egito são a mais famosa das sete maravilhas do mundo antigo. São as únicas das maravilhas que ainda existem. Suspeita-se de que elas foram construídas com ajuda extra-terrestre (eu, cético como sou, duvido. O Luscas me disse que acredita). Elas serviam como túmulo dos Faraós da antiga civilização egípcia. (E hoje servem como excelentes pesos para papéis).
2 - As Muralhas e os Jardins Suspensos da Babilônia
Os jardins suspensos da Babilônia foram construídos durante a dinastia do rei Nabucodonossor para sua esposa e raínha. Pouco se sabe sobre essa maravilha Muito se especula sobre suas possíveis formas e dimensões, mas nenhuma descrição detalhada ou vestígio arqueológico foram encontrados, exceto um poço fora do comum que parece ter sido usado para bombear água. Se quiser saber mais sobre os jardins suspensos da Babilônia, procure no google.
3 - O Mausoléu de Helicarnasso ( ou O Túmulo de máusolo em Éfeso )
O Mausoléu de Halicarnasso era o monumento funerário de Mausolo (irmão de Manolo). Era um monumento belíssimo e que fora esculpido por quatro artistas: Scopas (irmão de Spause Spadas) no lado leste, Bryaxis no norte, Timoteus no sul e Leocares no oeste. Alguns estudiosos atribuem a Artemísia a grande obra. Ela teria solicitado que construissem um requintado mausoléu para seu irmão-marido. (Irmão-marido? WTF, que putaria hein)
(Há dúvidas, entre os historiadores, se Mausolo teria sido seu irmão ou não).
4 - A Estátua de Zeus, de Fídias
Estátua do Deus Grego, Zeus, construída por Fídias
Todo mundo sabe quem é/foi/será Zeus, quem nunca assistiu o desenho ou seriado de Hércules? Então, a estátua dele é considerada uma das sete maravilhas do mundo antigo. (Pronto)
5 - O Templo de Ártemis (ou Diana)
Éfeso (local onde se situava o tal templo) é a atual Turquia. O templo foi construído em homenagem à deusa da caça em 550 aC. Suas 127 colunas eram imperiosas e no templo aconteciam rituais. Foi destruído pelos ostrogodos (antigos comedores de ostras estragadas) em 262 dC, restando apenas ruínas.
6 - O Colosso de Rodes
A gigante estátua de Hélios (elemento químico de número atômico 2, o menor dos gases nobres) , o deus-sol fora colocado em Rodes, esculpida por Chares, de Lindos. A ilha de Rodes era um ponto de encontros marítimos e foi por muito tempo dividida em 3 territórios: Talysos, Lindos (reza a lenda que nem tão bonitos assim) e Kamiros.
Em 408 aC as cidades se uniram para construir uma capital comum: Rodes. Os rodienses (ou rodianos, radianos, rodiandros) muito se esforçaram para ver o deus-sol brilhar onipotente no céu, mas em 226 aC um terrível terremoto abalou toda a cidade e fez ruir o Colosso (és belo, és forte e impávido).
7 - O Farol de Alexandria.
Alexandre, o Grande, ao chegar na ilha de Pharos ordenou que fosse construída uma nova cidade, Alexandria (modéstia não era um virtude de Alexandre, ou "dos" Alexandres). Foi construído em frente ao porto de Alexandria, por volta de 297aC. O fantástico de se saber é que a luz era fornecida por uma enorme fogueira e a “luz” provida da fogueira era refletida através de espelhos colocados em locais específicos.
Entonces, hasta tierça que viene! (mi espanhol és fuêda)

Oi, eu tenho um chapéu de balão!

Patrocínio: Neida, que doou os balões que sobraram da festinha de aniversário em sua casa.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Acidente

No bar ouço mil e uma histórias diferentes. A que ouvi hoje foi sobre um acidente de moto.
Um dos clientes que freqüenta o bar aqui (o Ximia) sofreu um acidente de moto. Foi uma batida, ele bateu em outra moto (o cara da outra moto também vem aqui no bar, mas com menos freqüência).
Segundo o Ximia a moto na qual ele bateu estava praticamente parada, estava atravessando a sua preferencial (ou seja, o Ximia estava certo), e ele pensou que o cara da outra moto fosse parar, mas ele não parou, e aconteceu que os dois bateram. Perguntei se ele havia se machucado muito (não tinha nenhuma lesão visível), ele disse que não, que não hora da batida ele deu quatro salto mortal, duas "cambota" e parou em pé, mas daí se desequilibrou, caiu e machucou a perna.
Nessa hora a galera que estava ouvindo a história caiu na gargalhada, daí ele disse que fez tudo isso, mas que foi tudo rolando no chão.
Foi algo totalmente bizarro de se ouvir, eu fiquei meia hora rindo da cara do Ximia depois.
(Eu escrevendo aqui não fica tão engraçado, mas ouvir o Ximia contando isso é bizarro demais).
Ah, só fiz esse post porque um dos clientes me disse: "Essa tu tem que por na internet, Bruno". Só por isso.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Surra

As imagens abaixo correspondem a uma briga, a uma surra de luva que tomei dentro de minha residência. A identidade do agressor é desconhecida devido ao fato de ele estar de costas em todas as imagens, e eu não me recordo de sua feição, pois levei muitos bofetões de luva.
Se alguém conseguir identificá-lo favor me comunicar.
Grato.

Banho de Chuva!!

Quando foi a ultima vez que você tomou banho de chuva??
Pois é, eu não me lembrava mais a ultima vez que tomei banho de chuva!!
Mas essa Terça eu tinha acabado de volta do volei de areia, tomado um banho, quando duas amigas minhas da facul aparecem todas molhadas e me chamam pra tomar um banho de chuva, e, eu aceito né :D chamamos mais uma amiga nossa. Mas a chuva resolve parar, então já que estávamos molhados, fomos tomar banho de balde e escorregar na calçada!! e de quebra ainda fomos pagar mico passando na frente do barzinho de Marechal (Capelinha), que é sempre cheio de gente!! Me diverti muito, como diz a Elis - A chuva lava a alma, e eu precisava lavar a minha!
Ta que no outro dia elas ficaram tossindo um bom tempo, mas valeu a pena!!

Então caros amigos, aproveitem que chove todo dia, e chame um amigo (pode me chamar também) e vá tomar banho de chuva, não importa sua idade, vai se divertir, tenho certeza :D

Créditos à Daiane e Elis, que vieram me chamar pro banho, e à Raquel que aceitou também o banho de chuva!

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Comer engorda?

Isso sempre foi uma dúvida tremenda pra mim. Eu sempre como e nunca engordei =(
Bem, hoje Luscas chegou aqui em casa comentando que havia engordado algumas gramas. Ele comentou que se ele comesse bastante e fizesse um pouco de exercício físico ele ganharia um pouco de massa.
Ele estava super feliz com a idéia de engordar.
Eu gostei da idéia de comer, então fomos pro mercado comprar pão (não tinha pão aqui em casa, algo raríssimo). depois tivemos uma refeição feliz.
Veja a felicidade estampada na expressão deste menino.
Perceba que um sanduba de queijo deixa estes meninos tão felizes quanto um cão com um osso.
Ah, e o queijo que foi usado no pão era muçarela, não Cazu Marzu.

Tributo aos Beatles!!

Sábado passado fui no teatro, junto com o Bruno e o povo citado no post das Gêmeas, assistir o Tributo aos Beatles!!
Lá chegando ocorre a situação bizarra das gêmeas!!! Depois, conversarmos um monte e tals, então começa o Show, pensei nossa agora sim vai ser MUITO BOM! Entra um cabeludo descabelado, e diz: - Buenas Noches a todos!! e entra uma mulherzinha com um violino. Então eles começam a tocar e cantar, pensei pronto vai ser uma bosta, o que eu to fazendo aqui, ja não entendo brasileiro cantando em inglês, imagina Chileno ¬¬!! Cantaram Yesterday, não gostei!! Daí ele chama a banda, que são aqui da região, pensei agora sim vai melhora um pouco, e não é que melhorou mesmo :P
O Guitarrista bebia wisk e era animado pacas!! o Baixista parecia que queria ir ao banheiro, era realmente engraçado o jeito que ele tocava, o vocalista era chileno com o cabelo todo bagunçado (despenteado mesmo), e o Baterista, Ah! tocava bem!!!

Ps.: Tinha umas crianças (7 anos eu acho) la assistindo Beatles, porque eu nao era assim quando criança (gostar de Beatles, pq eu ja ia no teatro).

Curti muito o "Show" (falando em Curti lembrei do Facebook kkkkk)!

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Contando Trichogramma!!

Eu trabalho com projetos de pesquisa na faculdade, e agora estamos fazendo um de contar Trichogramma, que é um inseto minúsculo (0,2 mm a 1,2 mm), tem em torno de 700 insetos por tubo e 910 tubos pra contar... Logo após eles nascerem congelamos todos para poder contar. Como o bicho é minúsculo, para conta-lo usamos lupa!!
Coloquei uns 100 insetos numa folha e fui contar, chegou minha amiga do lab, que ia ajudar a contar também, e ficou falando e falando, ela falou algo engraçado e então eu ri, de repente o que acontece?? Não, não perdi a conta. Quando fui olhar os insetos, eles haviam sumido!!!!!!!!!! Foi com a minha baforada do riso!!! Sorte a minha que tinha quase terminado, então estimei os que faltavam e coloquei la :P
Depois falei pra ela parar de falar pra não voar os outros de novo. Continuando contando, inspirei fundo, e na hora de soltar o ar, vi que iria voar tudo de novo, então virei a cara e soltei o ar, dai voltei a contar, minha amiga fala: - Aí da onde veio esse vento, quase levo meus insetos!!! Continuei contando, depois de um tempo me toquei que eu havia feito o vento, fiquei com vontade de rir de novo, então tive que me segurar, e quase perdi a conta novamente!!!

É contar Trichogramma é uma aventura haiauhiauh!!! Quem quiser experimentar estamos aceitamos ajudantes :P

Fim de férias

É galerinha, as férias estão chegando ao fim.
Esta é minha última semana antes da volta às aulas, minhas férias estão chegando ao fim.
Nessas férias não fiz nada de muito emocionante: não fui conhecer o mar, não fui visitar parentes, não fui tomar banho de cachoeira, não fui acampar e não superei meu trauma de piscinas. Não plantei uma árvore, não escrevi um livro, não adotei uma criança, não salvei nenhuma vida e não tive um amor de verão.
Apesar de tudo essas férias foram ótimas, as considero as melhores de minha vida. Conheci muita gente bacana, estive rodeado de amigos e pessoas legais quase todos os dias, quebrei meu pé numa partida de vôlei, joguei muito vôlei, ganhei uma medalha de primeiro lugar num torneio de vôlei, passei o reveillon vendo fogos bem de perto, viajei pra visitar amigos, assisti muitos filmes, conversei muito, dormi muito... Enfim, fiz muitas coisas boas e legais, por isso não estou conformado com o fim das férias.
Mas no começo do ano letivo também tem coisas boas por vir: novas amizades poderão ser iniciadas (ou não), verei amigos e colegas de aula que já não via desde o fim do ano letivo passado, projetos (talvez) serão postos em prática, etc, etc e etc.
Ah, lembro de quando eu estava empolgado com o começo das férias e escrevi lá no Araruta o Finalmente Férias.

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Prefiro Muçarela

Esse é o Cazu Marzu, o único queijo ilegal no mundo. É também considerado o queijo mais nojento, tóxico, fedorento... do mundo. É um queijo originário da Itália, possui muitos apreciadores devido ao fato de ter alguns ingredientes exóticos (e vivos). Sim, isso que você vê na imagem com zoom são vermes. Segundo os apreciadores do Cazu Marzu esses vermes enriquecem o sabor, pois os vermes comem o queijo, digerem o queijo e depois defecam o queijo, o que garante um sabor mais acentuado de... de queijo. E há quem diga que a sensação de sentir os vermes pulando na boca enquanto se mastiga o queijo é formidável.
Bom, se quiser saber mais sobre o tal queijo, a seguir o link com um vídeo explicativo do
E você aí com nojinho de comer quiabo por causa da babinha.

Gêmeas

Hoje no teatro, antes de começar o show em tributo aos Beatles estávamos eu, o Diandro, o Willen, a Bia, a Ana e a Carla conversando e vendo as pessoas que estavam ali no auditório.
Um pouco atrás de nós eu e o Diandro vimos duas meninas que pareciam ser conhecidas, elas estavam acompanhadas de um piá. Daí discutimos pra saber se eram nossas amigas que são gêmeas ou não. Chegamos à conclusão de que não eram as nossas amigas, apesar de serem parecidas concluímos que as meninas que estávamos olhando não eram a Lala e a Jaina.
O Diandro disse que as duas eram gêmeas, eu disse que não, que elas poderiam ser irmãs, mas não gêmeas. Pedimos a opinião de todos que estavam conosco, a maioria concordou comigo. Daí ficávamos olhando pra meninas, e uma delas olhava pra gente, ficamos encabulados de olhar pra elas e tals. O Diandro insistiu em observá-las, daí uma das meninas dá um tchauzinho pra ele. A menina em questão era a Lala, uma das nossas amigas gêmeas, a outra era a Jaina acompanhada pelo seu namorado. Fomos até elas pra cumprimentá-las e contar a situação curiosa que passamos. Se tivéssemos apostado o Diandro ganharia a aposta, as meninas eram gêmeas.

Tributo aos Beatles

Hoje fui pro teatro, ver a apresentação do tributo aos Beatles. Foi muito bom, os caras tocavam bem, era bem extrovertidos, a platéia (digo, o cara que estava sentado na primeira fileira, à minha frente) conversava com eles durante a apresentação e tudo mais. Os caras são aqui da região e um deles é chileno.
Tenho que escrever mais, o Diandro falou que não vai deixar no blog se ficar pequeno deste jeito.
Então, o cara que estava sentado na primeira fileira era bem estranho, logo que ele sentou (ele chegou quando o show já havia começado) eu pensei que ele fosse o diretor da banda, ou algo do tipo. Ele acenava e gesticulava para o povo da banda. Pensei depois que ele era conhecido dos caras, ma descobri que ele era apenas um espectador animado mesmo. No fim até puxei papo com ele, comentamos sobre o show e tals.
Atrás de nós tinha um povo que era realmente fã de Beatles. Logo na primeira música um dos integrantes da banda estava com uma gaita harmônica (gaita de boca) e o piá logo diz: Que massa, vão tocar "Love me do".
E não é que tocaram mesmo.
Pronto, já enchi lingüiça (ainda com trema) o suficiente.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Vanilla Sky

Esses dias eu assisti, na programação da madrugada da globo, o filme Vanilla Sky. Sempre tive trauma devido a esse filme, não por ele em si, mais pelo que ele me representa. Foi o primeiro filme que fui assistir no cinema. Eu tinha 11 anos, foi em 2001, fui ao cinema com minha irmã, era última sessão. Pra mim o filme tinha sido horrível, eu tinha que ler e assistir ao filme ao mesmo tempo (sim, filme legendado é muito ruim pra quem tem 11 anos e não é acostumado a assistir filmes legendados). Por sorte minha leitura era boa e levei bem a parada de ler. Vanilla Sky é um filme difícil de entender até pra adulto, imagina pra uma criança de 11 anos. O começo do filme eu entendi muito bem, lá pela metade eu já não entendia mais nada, eu tava morrendo de sono e acabei dormindo. Ou seja, eu odiei ter ido ao cinema.
Só fui assistir Vanilla Sky novamente na semana passada. Se me pedissem se eu quisesse assistir ao filme provavelmente diria não, mesmo sem conhecê-lo. O fato de um filme ter Tom Cruise e Cameron Diaz no elenco não me agrada muito, mas Penélope Cruz salva qualquer ficha técnica.
Bom, eu gostei do filme, o Tom Cruise atua bem nele, o enredo do filme é intrigante. Finalmente superei o "trauma" que eu tinha desse filme. Recomendo a todos. Não é aquela coisa que se diga, nossa, que filme bom, mas é bacana =)

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Lembrança

Acabo de voltar de uma visita que me fez recordar muito de minha infância.
Ao chegar em casa hoje pela tarde minha mãe me diz que a Dona Jandira faleceu. Ela era uma senhora muito especial, a conheci quando tinha 5 anos de idade, ela sempre me respeitou, sendo criança, adolescente e jovem, uma senhora que é um exemplo de vida, tenho certeza que minha mãe aprendeu muito com ela, eu também aprendi muitas lições de vida com a Dona Jandira. Sua principal característica era sua sinceridade, sua forma direta de falar, sem escrúpulos e sem medo.
Quando recebi a notícia de sua morte me veio uma tristeza muito grande, pois eu gostava muito dela, e sabia que ela também gostava de mim. Não gosto de ir em velórios, mas fiz questão de levar minha mãe até o salão paroquial da igreja para dar a última despedida à Dona Jandira.
A pouco fomos, eu e minha mãe, ao salão paroquial, o corpo ainda não havia chego, fomos então até à casa da Dona Jandira para obter informações. Lá chegando encontramos algumas vizinhas, minha mãe conversou com elas. No fim da conversa a filha da Dona Bárbara Felícita convidou minha mãe para visitar a Dona Bárbara. A Dona Bárbara sofreu um derrame há uns 3 ou 4 anos e não fala mais, não responde, não anda, mas tem expressões. Ela é avó do meu melhor amigo de infância, o Ricardo.
Eu e minha mãe fomos então ver a Dona Bárbara Felícita, eu ainda não tinha ido visitá-la depois do derrame que ela sofreu, acho que nem minha mãe tinha a visto. Ao chegar no quarto de Dona Bárbara minha mãe logo foi cumprimentá-la, apertou sua mão e conversou com ela. Eu, antes mesmo de entrar na casa já fui observando tudo, quando criança eu e o Ricardo brincamos muito lá. A casa não tinha mudado muito, até os 'dorme-dorme' permaneciam no jardim.
Depois que minha mãe cumprimentou a Dona Bárbara eu a estendi a mão, ela olhou profundamente nos meus olhos, provavelmente estava tentando me reconhecer, afinal, eu era uma criança quando ela tinha me visto pela última vez, não tinha barba e nem cabelo comprido. Ela apertou com força minha mão, fez uma expressão como se quisesse sorrir.
Pouco depois minha mãe saiu do quarto, me deixou só lá, sentado, olhando pra Dona Bárbara Felícita.
Fiquei observando o quarto, lembrei de quando eu e o Ricardo brincávamos de carrinho lá, de quando pulávamos em cima do colchão. Vi no espelho do guarda roupas uma foto que me deixou intrigado. Parecia o Falecido filho de Dona Bárbara, o João. O homem que me apresentou ao Ricardo, seu sobrinho. João faleceu quando eu tinha 7 anos de idade, até hoje eu o considero o adulto que foi o meu melhor amigo. Na foto ele segurava um copo de uísque, tinha na mão esquerda um anel de doutor, era exatamente a imagem que eu tinha dele na memória. Me aproximei da foto, observei-a de perto, relembrei minha infância, o quanto eu gostava do João, comecei a chorar. Eu não choro por quase nada nesse mundo.
Voltei para o lado de Dona Bárbara, ela olhava pra mim agora com olhar de tristeza. Talvez tristeza por eu estar triste, talvez por sentir que sua amiga, vizinha de muro de tantos anos, Dona Jandira estava partindo, talvez por lembrar de seu filho falecido, talvez por tudo isso ou talvez por nada. Ela me olhava com um olhar muito profundo, eu, encarando-a, sentia mais vontade de chorar.
Minha mãe voltou ao quarto, ficou perguntando se a Dona Bárbara teria me reconhecido, comentou o quanto eu e o Ricardo aprontávamos naquela casa. Nesse momento Dona Bárbara estende a mão pra mim, ao segurar a mão dela ela aperta com firmeza minha mão e novamente me olha profundamente nos olhos. Dessa vez seu olhar parecia um olhar de reconhecimento, ela deve ter me reconhecido, eu vi felicidade em sua expressão, vi também saudade, provavelmente saudade do Ricardo, do tempo em que eu e ele brincávamos e dávamos vida àquela casa. Bom, eu lembrei desse tempo, não consegui segurar o choro. Me despedi da Dona Bárbara Felícita e levei minha mãe até o salão paroquial para aguardar a chegada do corpo de Dona Jandira. Depois disso voltei pra casa, dirigindo, chorando, relembrando com profunda tristeza meus bons tempos de criança.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Tributo aos Beatles!

Esse mês terá um tributo aos Beatles no Teatro Municipal de Toledo! Que vai ocorrer no dia 05/02 às 20:30 hrs, ingressos a R$10,00 antecipado, R$ 5,00 meia e R$ 13,00 na hora!!

Vamo la galerë, Beatles na playlist, e come together!! 

Informação!

Outro dia, saindo da casa do Diandro, eu a Josy e o próprio Diandro fomos abordados por um casal de senhores que nos pediram informação. Eles queriam saber onde era a avenida principal da cidade. Eu perguntei onde eles queriam chegar, daí disseram que era perto da rodoviária. Eu expliquei o que eles deveriam fazer pra chegar na tal avenida. Nisso a mulher começa a pedir se a avenida principal é aquela que entra na cidade e tals, eu disse que sim, que era a Parigot de Souza, e que passava perto (ao lado) da rodoviária, daí o homem vai começar a falar alguma coisa e a mulher diz "cala a boca, deixa eu falar". Nisso eu o Diandro e a Josy começamos a rir e a mulher deu uma risada de constrangimento, daí eles tentaram nos explicar que estavam tentando chegar na casa da filha. Os dois trocaram hostilidades, sei que o nome da mulher era Débora, nós demos um jeito de dizer que era lá mesmo a rua que eles procuravam e fomos embora.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Aventureiros

Piázada que escreve nessa bagaça: